quinta-feira, 7 de outubro de 2010

"Milhões de rosas para esta grave melancolia, milhões de rosas, milhões de castigos..." Mário de Andrade

Lira

Leve tempo
Ultra velocidade
Estou aqui.
É verdade que ontem quase chorei
Também pulsou a terra aos meus pés

De uma distância inenarrável
Sou depositado.
Vende-se pedaços de poesia
De risos e farta compania
Ainda que quase tenha acreditado
Que o mundo inexista a mim
Por não ter-me visto.


Marcos de Castro

Um comentário:

  1. Uauuu!!!
    Agora sim!!
    Partilha todo esse dom com a gente !!
    Amei!!
    Beijos!

    ResponderExcluir